Contato

Associação Amigos do Museu Nacional

CNPJ nº 30.024.681/0001-99

Rua das Marrecas, 40, sala 413
Parte Centro, Rio de Janeiro - RJ - Brasil

CEP: 20031-120

E-mail: administrativo@samn.org.br

Telefone:  +55 21 2569-6009

Copyright © 2018 SAMN 

 

 

Estação Biológica de Santa Lúcia

A Estação Biológica de Santa Lúcia (EBSL) alia preservação ambiental e respeito histórico ao intenso trabalho de investigação científica realizado nesse bloco remanescente da Mata Atlântica, no Espírito Santo. São 440 hectares de extraordinária e ainda pouco estudada biodiversidade – o que equivale a 616 campos de futebol. Funciona como um campus avançado de pesquisas, a 78 quilômetros de Vitória, recebendo pesquisadores de inúmeras instituições brasileiras. Foi criada em 1940, a partir dos estudos do naturalista do Museu Nacional e patrono da ecologia no Brasil Augusto Ruschi. Desde a infância, ele passava as férias na Chácara Anita, que sua família tinha em Santa Teresa, estudando e colecionando plantas e pássaros. Ruschi criou nessa propriedade o Museu de Biologia Professor Mello Leitão, e estimulou que a Associação Amigos do Museu comprasse terras de floresta virgem afastadas da cidade e ali estabelecesse uma estação de pesquisa. Mais tarde, a EBSL foi ampliada com doações de terras do Estado para a UFRJ e o próprio Ruschi doou outras terras para o Museu de Biologia, atual Instituto Nacional da Mata Atlântica (INMA). As terras da Amigos do Museu, da UFRJ e do INMA formam a EBSL, atuando as três instituições em gestão compartilhada. As pesquisas nesse oásis protegido geram resultados que influenciam e beneficiam outras áreas de Mata Atlântica no país. Ruschi está enterrado na área que pertence à Amigos do Museu.

Para agendar pesquisas na Estação Biológica de Santa Lúcia, agendar aulas de campo ou reservar hospedagem vejam os formulários abaixo.

Formulário de solicitação de hospedagem

Formulário de solicitação de pesquisa

Formulário de solicitação para aula de campo

Questionário de avaliação da visitação