Contato

Associação Amigos do Museu Nacional

CNPJ nº 30.024.681/0001-99

Rua das Marrecas, 40, sala 413
Parte Centro, Rio de Janeiro - RJ - Brasil

CEP: 20031-120

E-mail: administrativo@samn.org.br

Telefone:  +55 21 2569-6009

Copyright © 2018 SAMN 

 

 

SOS Museu Nacional
 

COMO AJUDAR O MUSEU NACIONAL

A Associação Amigos do Museu Nacional (SAMN) criou uma conta para receber doações destinadas a este momento de emergência.


Os recibos de doações para pessoas físicas e jurídicas serão emitidos pela SAMN, entidade de utilidade pública, reconhecida no Estatuto dos Museus e que, há mais de 80 anos, apoia ações e projetos do Museu Nacional. Após o depósito ser feito, envie por e-mail uma cópia digitalizada do comprovante de depósito para o seguinte e-mail: sosmuseunacional@samn.org.br. Dados bancários:

 

Banco do Brasil
Agência: 3010-4
Conta corrente: 60.618-9
CNPJ: 30024681/0001-99

Para quem estiver no exterior doe com:

paypal-logo.png

O Museu Nacional criou um endereço de e-mail para receber contatos sobre doações. Além disso, foi aberto um ponto de coleta para receber fragmentos que foram levados durante o incêndio. Anote:

Acervo
O Museu Nacional criou um endereço eletrônico, o falecomdiretor@mn.ufrj.br, para receber mensagens de pessoas que tenham interesse em doar peças histórias para o acervo da instituição. A orientação é que a mensagem seja enviada com os dados de contato do doador e uma pequena descrição da peça em questão. Assim que a situação se normalizar, essas pessoas serão contatadas por integrantes da equipe do Museu para o agendamento de uma análise técnica das peças.
 
Devolução de objetos
Alguns moradores de áreas próximas ao Museu Nacional têm encontrado objetos em suas casas que, provavelmente, foram levados pelo vento, como, por exemplo, páginas de livros e partes de documentos. A direção do Museu orienta que esses sejam entregues na Biblioteca Central, localizada no Horto Botânico, na Quinta da Boavista. O Horto fica próximo à entrada da Quinta da Boavista, em frente à estação do metrô/trem, de São Cristóvão.

English

 

 

 

Contrato de revitalização com o BNDES

Durante as celebrações do bicentenário do Museu Nacional, em junho de 2018, a Associação Amigos do Museu Nacional conquistou, após anos de negociação, a assinatura de contrato de financiamento no valor de R$21,7 milhões com o BNDES para revitalizar o Museu Nacional. Após o incêndio no dia 2 de setembro de 2018, o BNDES publicou em seu site a disponibilidade dos gestores para redirecionar os recursos já aprovados.

 
 

 

Campanha "Meninas com Ciência"

Este curso gratuito nasceu em 2017,  no Departamento de Geologia e Paleontologia (DGP) do Museu Nacional da UFRJ. É pensado e ministrado por pesquisadoras, técnicas e pós-graduandas para meninas do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental (11 a 15 anos). É realizado em 4 sábados por semestre, quando ministramos oficinas que abordam temas interessantes da Geologia, Paleontologia e a presença e importância das mulheres na construção da Ciência no Brasil. As oficinas são recheadas de atividades lúdicas e educativas sobre reconhecimento de minerais, rochas, meteoritos e fósseis. Oferecemos 50 vagas por semestre, destinadas a alunas de escolas públicas e privadas  (50% cada). A cada ano, são 100 meninas atendidas. O sonho da nossa equipe é que o curso seja autossustentável, para isso buscamos o apoio de todas e todos que acreditam na nossa causa e organizamos esta campanha de financiamento coletivo recorrente. Agradecemos à atriz e embaixadora da ONU Mulheres-Brasil, Camila Pitanga, que tão carinhosamente acolheu nosso projeto e gentilmente gravou o vídeo para esta campanha. Participe, compartilhe.

 

Projeto Coral Vivo

A Associação Amigos do Museu Nacional faz a gestão administrativa e financeira do Projeto Coral Vivo (Instituto Coral Vivo) desde sua 2a edição. O Projeto Coral Vivo, fundado em 2003 por professores do Museu Nacional, está em sua 4ª edição e desenvolve ações que visam a conservação e uso sustentável dos ambientes coralíneos brasileiros e a recuperação e preservação da sua biodiversidade. Atua em educação, políticas públicas e sensibilização da sociedade. Possui rede de pesquisas, com mais de uma dezena de instituições envolvidas e Base de Pesquisas e visitação em Porto Seguro, BA.

Coordenou a elaboração e a atual execução do Plano Nacional para a Conservação dos Ambientes Coralíneos, com o Cepsul/ICMBio, que engloba áreas de norte ao sul do Brasil e 52 espécies ameaçadas de extinção.

 

Na educação destacam-se a capacitação de 400 professores e centenas de pessoas do trade de turismo, a formação de dezenas de jovens líderes e centenas de universitários de todo o país e parcerias com escolas da rede pública.

 

É patrocinado pela Petrobras, através do Programa Petrobras Socioambiental e copatrocinado pelo Arraial d’Ajuda Eco Parque.

 

 

 

Aquisições e apoios

A Associação Amigos do Museu Nacional realiza apoio às exposições e à aquisição de peças para o acervo e exposições do Museu Nacional. Foi adquirido – e estava em exposição no Palácio – uma réplica do crânio mais completo do mundo do Tyrannosaurus rex, cujo original se encontra na exposição do Black Hills Museum of Natural History. Também havia adquirido uma réplica de lula gigante com cerca de oito metros de comprimento, que estava em exposição na Sala de Invertebrados.

Além disso, atuou no apoio a eventos de divulgação científica realizados pelo Museu Nacional, como o projeto Ciência, História e Cultura. Anualmente, por meio de oficinas e visitas mediadas, oferece ao público o contato com as pesquisas e com o trabalho desenvolvido pelos profissionais da instituição.

 

Outra interface de atuação da Associação Amigos do Museu Nacional diz respeito ao apoio aos programas de pós-graduação do Museu Nacional. Durante a crise econômica de 2015, foi responsável por apoio financeiro emergencial aos cursos de Antropologia Social, Arqueologia, Botânica, Geociências – Patrimônio Geopaleontológico e Zoologia.